terça-feira, 9 de agosto de 2011

Exercícios físicos na praça


Como é bom ver que as mulheres estão se dedicando a si mesmas. As mulheres passaram a se valorizar mais, se gostar mais e também se priorizar. As mulheres estão mais vaidosas, procuram de qualquer forma encontrar um meio de combater o estresse.  Tem as mulheres que procuram uma academia, uma aula de dança, artesanato,bate papo com os amigos, ir à qualquer coisa que tiram elas da vida rotineira que levam.

As praças da cidade do Rio de Janeiro viraram uma academia. São vários aparelhos de ginástica, musculação, alongamentos,  enfim, vários aparelhos que não perde em nada para as academias particulares. As praças além de ser um local de lazer virou também um lugar para se exercitar ao ar livre.
São muito os aparelhos nas cores verde e azul que andam embelezando a praça do Largo do Machado no Catete, na praça do Leme, na Tijuca e em muitas outras que fazem a alegria dos adeptos da boa saúde a procura de boa forma física. As pessoas não se importam com os olhares de curiosos que param e  observam os movimento que elas fazem em cima dos aparelhos.










São muito os aparelhos nas cores verde e azul que andam embelezando a praça do Largo do Machado no Catete, na praça do Leme na Tijuca e em muitas outras que fazem a alegria dos adeptos da boa saúde.  As pessoas não se importam com os olhares de curiosos que param e  observam os movimento que elas fazem em cima dos aparelhos.

As aparelhagens que enfeitam as praças são usados sem nenhum domínio, sem nenhuma orientação de profissionais para seguir um método  de controle para seu  desenvolvimento.



Os usuários não usam uma roupa adequada para a ginástica. Praticam os exercícios com roupas comuns,  seja de calça jeans, de vestido, sandálias, chinelos ou até de bolsas a tira colo.
Não importa o que essas pessoas vestem, o que calçam, o importante para elas é que estão aproveitando o tempo, estão se  exercitando. A mulheres estão se cuidando melhor.
O corpo agradece

Por Nice Abreu @falemulher


Nenhum comentário:

Postar um comentário