sexta-feira, 27 de julho de 2012

Momento Nostalgia

POR NICE ABREU
Como disse muito bem Marta Medeiros em uma de sua crônicas "Tem dias que não estamos pra samba, pra rock, pra hip-hop, e nem pra isso devemos buscar pílulas mágicas para camuflar nossa introspecção, nem aceitar convites para festas em que nada temos para brindar" Concordo plenamente com ela, pois é assim que me senti hoje quando abri meus olhos e dei de cara com um sol lindo, brilhando, quente ,mas nada era lindo para mim. Nada pode ser lindo quando tomamos decisões que achamos ser melhor para nossa vida incluindo a do outro. Nada temos a comemorar quando na verdade certas decisões podem magoar alguém. Ou quem sabe, te magoar.Tem certo tempo na vida em que já amadurecemos com nossos próprios erros,ficamos sempre com um pé atrás quando certas atitudes são tomadas tão inesperadamente.

 Tudo o que acontece com a gente é simplesmente  porque nos permitimos . Passamos anos com uma pessoa e  no final descobre-se que foi apenas acomodação, medo do novo. Medo de  não encontrar alguém que substitua o vazio que irá ficar. A verdade é que  ninguém deve ter medo de enfrentar o mundo. Tudo passa ser novidade quando  se enfrenta uma liberdade que há tempos perdemos sem explicação. Uma liberdade que a gente perde se encostando no outro. vivendo a vida do outro, perdendo sua identidade que passa ser uma aventura encontrá-la novamente. Precisamos ter coragem e deixarmos de ser alguém do outro precisamos ser nos mesmas. Mulheres com atitudes. Mulheres guerreiras, mulheres decididas.

Nestas idas e vindas acabamos encontrado pessoas que passam ser importantes na nossa vida. É impressionante como é rápido essa passagem de um dia para o outro conhecemos estranhos que passam a ser tão conhecidos como os conhecidos passam a ser estranhos.  Somente a convivência nos faz descobrir os erros e acertos que podemos dar em cada relacionamento. Entramos na vida do outro e vice versa, as mulheres mais maduras já entram receosas  devido as lições que a vida lhe deu, já os homens não pensam nas consequências e sim, nas conveniências que podem ter.
A euforia  de uma liberdade incondicional é a melhor forma de saber fazer suas escolhas. depois de tantos desenganos procuramos sempre estarmos bem. esperamos sempre por nada e sempre é em vão, e assim acreditamos que desejar o bem a quem já passou na sua vida é o melhor remédio para uma vida sadia. 

Cada relacionamento tem uma  história que marca sua vida  e que são apagadas tão rapidamente da sua memória que acabamos descobrindo que na verdade nada o que se passou foi importante e sim apenas desenganos cometidos. É só piscarmos os olhos e lá  estão eles se encostando em outras e nós somos rotuladas de interesseiras. E pensar que sempre acreditamos nas palavras  que eles nos diz ou disseram. Viver é sempre sonhar com novidades,sonhar com uma vida nova é vivê-las, saber vivê-las é o mais importante de tudo, vivê-las intensamente. Viver de um sonho é não acreditar na sua felicidade. Por isso temos que estar sempre pensando no que é melhor para nós e parar de pensar  naqueles que um dia não se lembrarão que fizemos de suas vidas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário