terça-feira, 16 de outubro de 2012

"Até que a sorte nos separe" nova comédia Nacional.

“Até que a Sorte nos Separe” filme de Roberto Santucci já levou em 10 dias mais de 1 milhão de espectadores às telas de cinema.
Por Nice Abreu
 Depois de ter rido muito com o filme "De pernas pro ar" sucesso  de bilheteria do diretor (Roberto Santucci) agora ele traz as telas outra comédia “Até que a sorte nos separe” um filme Inspirado em “Casais inteligentes enriquecem juntos” que relata totalmente o contrário do que o livro passa para seus leitores. O casal  vivido por Leandro Hassum (Tino) Danielle Winitz ( Jane) ganham na loteria, mas por não saber administrar bem o dinheiro acaba perdendo toda a furtuna. A história toma rumos diferenciados em torno de um grande humor entre os atores mostrando a realidade dos fatos narrados pelo tio milionário de que dinheiro não é tudo na vida 


 Com belíssimos cenários, figurinos, maquiagem,  e ótimas interpretações, a  trilha sonora passa a ser mais uma das melhores comédias nacionais do momento no cinema brasileiro. A interação dos artistas em cena após se sujeitar a falência é uma das formas mais cômicas dentro do filme.
Ailton Graça mostra seu lado homoristico se entragando ao papel gay
Amauri ( Kiko Marcarenhas) é um consultor financeiro que vive fazendo contas é o oposto de Tino tem sempre razão.
 Vale a pena assistir àqueles que gostam de dar  boas risadas.
 
ATÉ QUE A SORTE NOS SEPARE
DIRETOR
Roberto Santucci
PRODUÇÃO Brasil, 2012


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário