terça-feira, 13 de novembro de 2012

Malandragem na voz de um grande Sambista.



"Onde a coruja dorme" Documentário sobre Bezerra da Silva  que revela a história de suas composições
Por Nice Abreu

Foto - FILM : 204051
Estreou dia 2 de novembro em poucas salas o documentário "Onde a coruja dorme" dirigido por   e  .O filme revela a história do polêmico Bezerra da Silva mais conhecido por sua malandragem e  seus amigos  compositores, moradores dos morros cariocas e da Baixada Fluminense. Bezerra da Silva foi e sempre será uma figura extraordinária.

  •  "Onde a coruja dorme" não  informa nada sobre a vida deste sambista, onde nasceu, nem como e quando morreu.  Suas conquistas só ficaram na nossa imaginação, pois a fita mostra uma certa inocência, uma vivencia de cada um dos seus humildes amigos e companheiros, dos quais nascia as composições deste grande sambista chamado Bezerra.
  • É maravilhoso entrar  no universo musical de Bezerra e perceber como ela usa muito bem a linguagem das comunidades retratando as frases marcantes como "bicho-soltos", "bater a real" e uma  que foi a perfeição " o morro não tem voz". O filme  revela o que muitos moradores de uma comunidade desejam falar ,mas  que infelizmente não tem voz e Bezerra soube  retratar com sabedoria  em suas composições. 

  • A parte mais divertida do documentário "Onde a Coruja Dorme" fica em torno das canções  "Seqüestraram Minha Sogra", "Overdose de Cocada", "Quem Fala Mal de Mim Tem Despeito" e a clássica "Malandragem Dá Um Tempo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário