terça-feira, 16 de agosto de 2011

Momento Poético com Mano Melo

     É com satisfação que dedico este meu cantinho a um grande poeta como Mano Melo

                     CEARÁ RÁDIO CLUBE
Era uma vez um cearense chamado João do Mar.
Nasceu na Síria,
Cuja capital era a cidade do Crato,
Uma terra de fartura,
Capital da rapadura
E campeã mundial do carrapato,
Onde o quibe nascia em árvores
E o trigo do pão se colhia antes mesmo de plantado.
Uma vidente com olhos de serpente
E ouro branco nos dentes
Olhou o rosto do menino
E vaticinou seu destino:
Tua vida está escrita nas linhas de tuas mãos
E não será por aqui.
Deixe o Vale do Cariri
E vá pra junto do mar.
Dizendo assim a vidente virou uma salada tabule
E desapareceu numa nuvem de alface.
E assim o menino sírio-cearense
Veio pra Fortaleza,
Quando o barato era passear
No Passeio Público,
Onde poetas impúberes ensaiavam os primeiros poemas.
O povo conversava política e contava anedotas,
De bobeira na Praça do Ferreira.
Aos domingos,
Se banhavam numa Praia de Iracema
Ainda sem poluição
E sem essa mixórdia beócia e imbecil de putas
E gringos.
Não haviam os bingos,
Não havia a Aldeota,
Nem a Beira Mar
Com seus horrorosos espigões.
O velho farol iluminava as dunas.
Fortaleza era uma província pacata
Embalada à brisa do Mucuripe.
Os arrabaldes inda eram pura mata
Onde luziam e vagavam
Luminosos vaga-lumes,
Insetos de luz própria.
Um dia,
João do Mar espiou pela fechadura
Da porta do tempo
E vislumbrou o futuro
Que se escondia por detrás do muro.
E este futuro tinha um nome: co-mu-ni-ca-ção.
E comunicação é que nem gripe:
Se espalha nas ondas do ar.
E João do Mar, o Visionário,
Fundou nesta urbe
A Ceará Rádio Clube,
E de João do Mar
Passou a ser conhecido como o João do Ar.
Se o Brasil tinha a Rádio Nacional,
O Ceará tinha a PRE 9,
Que o povo, com carinho, chamava de Perrenove,
Todas as emoções do mundo numa caixinha de sonhos:

"Faça sol ou quando chove,
Ouça sempre a Perrenove."
Roupa bem lavada só com Sabão Pavão.
Quer comida gostosa? Use Óleo Pajeú.
Alegria? Faça a barba todo dia com Gillete Azul.
Humor. Esportes. Notícias. Crônicas. Opinião.
Programas de calouros. Programas de auditório
Que não deviam nada aos de São Paulo e do Rio.
José Lima Verde apresenta: Hora da Saudade,
Coisas que o Tempo Levou.
Opinião é com Paulo Cabral
O cronista que só fala a verdade.
Nesta cidade noiva do sol,
Os homens escutavam o futebol
Na voz de Cabral de Araújo.
Cadeiras na calçada,
Falando da vida alheia
E o diabo a quatro,
As comadres discutiam o último capítulo do Rádio Teatro,
O Teatro verdadeiramente popular,
Avô das novelas da TV.
Locutores, cronistas, redatores, aprendizes,
Radiatrizes, radiatores,
Cantoras, cantores,
Astros e estrelas
Tirados do balaio:
Augusto Borges, Narcélio Lima Verde, Laura Peixoto,
Moacir Weyne, Teresinha Holanda, Laura e
Fátima Sampaio.
Senhoras e Senhores: com vocês,
Diretamente do Edifício Pajeú:
Keyla Vidigal, Salete Dias,
E o Rei do Ritmo: Nozinho Silva!
João Demétrio Dummar escrevia sua saga,
Grandes nomes do rádio cantando por estas plagas:
Orlando Silva, Silvio Caldas, Chico Viola, Zezé e Luiz Gonzaga,
Angela, Dalva , Marlene, Emilinha -talentos pioneiros!
Trio Nagô, Trio Irakitan, Jackson do Pandeiro!
O Ceará nunca mais foi o mesmo.
E o Tempo,
Que é uma bola vagando a esmo,
Foi tecendo seus mistérios.
João do Ar virou um mito.]
Encontrou Maria Lúcia,
Filha de Demócrito,
Que veio a ser a mãe de seus seis filhos.
E avó de seus vários netos.
Hoje Fortaleza é uma cidade moderna,
Entre o mar e o sertão.
Grande exportadora de tapioca

Para a terra carioca.
Shopping Centers a dar com o pau
Turistas a doer na vista,
Fashion Malls, roquenroll
Linhas aéreas da Gol
Ligando a lua com o sol.
Muita máfia, muito espigão,
Muita especulação.

Mas existe uma flama,
Um espírito ancestral,
Uma alma coletiva.
João Dummar, Demócrito,
Quintino, Raquel de Queiroz,
Jáder, Patativa.
Nossas raízes,
Nossos avós.
Uma força, uma beleza,
Que sempre permanecerá.
E viva Fortaleza,
Capital do Ceará

Um comentário:

  1. Ler as poesias de Mano Melo é como ouvir nossas histórias.
    Maravilhoso!!!!

    ResponderExcluir